Açaí Grosso

terça-feira, 26 de abril de 2011

Trailer: A vida em 140 caracteres - Uma aventura virtual

 

Foi lançado hoje (26/04/2011), o trailer oficial do curta "A vida em 140 caracteres - Uma aventura virtual".

O curta conta a história de um jovem que vive em dois mundos contando sua historia com 140 caracteres de limite,  esse é Paulo Afonso, também conhecido como @Plugadu nas Redes Sociais,  @Plugadu narra cada momento do seu dia de maneira intensa utilizando a rede como uma ferramenta básica de comunicação fundamental em seu dia a dia, até que algo acontece, em meio a sua rotina aparentemente normal seu smartphone é roubado e esse fato desencadeia a mais real e absurda jornada de sua vida em busca do seu tão amado portal para o mundo virtual, o local em que ele de fato sente-se seguro e senhor de suas ações.

O curta está previsto para estrear no dia 15/06/2011 no Cine teatro Maria Silvia Nunes (Estação das Docas).

O trailer:



Elenco:
Sol Henriques, Wallace Horst, Valéria Lima, Karol Amaral, @ChuvaDasDuas, @AcaiGrosso, @PeriquitodoCAN, @MendigoBelem, e grande elenco.

Equipe Técnica:
Alexandre Baena (Direção),  Bernadete Barroso (Produção Executiva), Vladimir Koenig (Supervisor de Produção), Priscila Salles (Assistente de Direção), Denis Santos (Coordenador de Produção), Grazi Ribeiro (Figurino), Márcia Lima (Produção Casting), Azul (Produção Musical), Pedro Quadrado (Edição), Huoston Rodrigues (Animação 3D),

Trilha Sonora:
Aíla Magalhães, Felipe Cordeiro, Iva Rothe, Juca Culatra e Power Trio, Jungle BAND, Leo Chermont, Pio Lobato.

Realização: MultiAB Produtora
Patrocínio: VIVO
Apoio: Saraiva Megastore, Sony
Apoio Institucional: Amazom Filmes, Equinox Animation Studio

Veja o trailer diretamente noYouTube

Continue lendo >>

domingo, 3 de abril de 2011

Iron Maiden em Belém: Eu estava lá

Muito ouvia falar do Iron Maiden, mas sem nunca ter tido sequer a curiosidade de me aprofundar no assunto ou mesmo de ouvir qualquer música que fosse de sua autoria.O som alto, e na minha percepção, até então, "barulhento", onde voz e som se embaralhavam na minha cabeça, sempre me mentiveram afastado da banda.
 
Até as 12h do dia 01/04/2011 não tinha nem cogitado a idéia de ir ao show da maior banda de heavy metal da história. Mas, como nada que acontece é por acaso, acabei por forças ainda desconhecidas adquirindo o ingresso. Eu simplesmente não acreditava que tinha feito isso...comprei o ingresso no valor de R$ 100 para assistir um show que não tinha a mínima vontade. Nesse momento achei o custo/benefício um absurdo de caro.

Pois bem...já com o ingresso comprado, só me restava ir ao show e tentar encontrar algo de bom ou de novo.

Cheguei ao Cidade Folia, local do show em Belém, por volta das 18h30 e logo me deparei com uma fila monstruosa...deu vontade de voltar pra casa. Mas permaneci por mais alguns minutos e fui vendo aos poucos que aquela fila monstruosa era diferente.

A fila era composta quase na totalidade por pessoas com camisas na cor preta, inclusive eu, já na fila. Pessoas com aparente bom-humor, sorridentes, e com um ar de felicidade no rosto, como nunca tinha visto antes. Todos super organizados em fila indiana movimentando-se na fila pacientemente como se fossem todos para o paraíso.

Nesse momento fui contagiado e passei a viver aquele clima. Afinal caiu a ficha! Eu estava indo para o show do Iron Maiden. Possivelmente uma oportunidade única na vida da maioria das pessoas ali, inclusive eu.

A fila andou rapidamente sem tumulto algum, até que finalmente entrei na arena do Cidade Folia. Não demorou muito e começou o show da banda paraense STRESS. Criada em 1974, é considerada a primeira banda de heavy metal do Brasil. Mais antiga mesmo que o próprio Iron Maiden, criado em 1975.

Escutei as primeiras músicas e pasmem...gostei. Queria ouvir mais! E ouvi por aproximadamente uma hora. Percebi que aquilo era só um aperitivo para o que vinha pela frente.

Pontualmente 21h10 começava o show do Iron Maiden.

Quando os integrantes da banda entraram no palco, trouxeram junto, uma energia positiva contagiante. Fiquei impressionado com o que via.Olhei em volta e vi pessoas emocionadas, gritando, pulando, cantando, chorando, rindo... foi a maior concentração de emoções diferentes por metro quadrado que já presenciei na vida.Nesse momento, olhei pra mim mesmo e percebi que eu estava totalmente integrado com o ambiente, fazendo exatamente as mesmas coisas e sentindo exatamente as mesmas emoções. Foi simplesmente incrível !!!

O show prosseguiu, e eu mesmo sem conhecer uma letra sequer, comecei a cantar as músicas...
Queria cantar de qualquer forma e cantei, queria pular e pulei, queria gritar e gritei.
O que antes eu achava que era um "barulho", de repente se transformou em música da mais alta qualidade.

Percebi que o ingresso dava direito a uma "guitarra imaginária"...peguei a minha e também acompanhei a banda de ponta a ponta...fiz até solo.

Com o passar to tempo, comecei a perceber que o ingresso tinha sido "barato pra caramba", quase nada, comparando o custo e o benefício.

Não queria que acabasse, mas o tempo passa tão rápido nessas horas que, pontualmente as 23h10, chegou ao fim.
Nem acreditava no que tinha feito. A ficha tinha caído de vez.
Eu havia acabado de assistir o show da maior banda de heavy metal do mundo...o Iron Maiden !!!

Virei fã !!! Alguém duvida?

Continue lendo >>
Post Relacionados

  ©Design by Dicas Blogger.

TOPO